top of page
  • Foto do escritorCarlini Hoffmann

O que faz um Neuropsicólogo?

A função do neuropsicólogo, em essência, é avaliar, investigar e criar hipóteses diagnósticas, depois desenvolvendo um plano de tratamento para o paciente. Por meio da avaliação neuropsicológica são feitas entrevistas com pacientes e familiares, aplicados testes e escalas, que descrevem as habilidades e dificuldades do paciente para conclusão do laudo neuropsicológico do paciente.

Ressaltamos que o neuropsicólogo sozinho não é responsável pelo fechamento do diagnóstico, normalmente o resultado do exame é encaminhado para o médico solicitante que juntamente com outros exames fecham o diagnóstico.



Geralmente quem faz a solicitação para a avaliação é o neuropediatra, neurologista ou psicólogo. No entanto, a necessidade de avaliação neuropsicológica pode ser percebida por: Professores; Pedagogos; Familiares; Nutricionistas; Fonoaudiólogos; Psicólogos; Psiquiatras e Geriatras;



Quando é indicado?

A Avaliação Neuropsicológica é indicada quando há necessidade de:


1. Detectar uma desordem neurológica (por exemplo: lesões por anoxia, quadros de demência, acidente vascular cerebral, traumatismo crânio encefálico etc.).

2. Estabelecer diagnóstico diferencial entre uma síndrome psicológica e uma síndrome neurológica.

3. Monitorar a recuperação cognitiva ou evolução de uma desordem neurológica.

4. Avaliar o funcionamento cognitivo de uma pessoa afim de propor um trabalho de reabilitação ou o desenvolvimento de estratégias para lidar com as dificuldades vividas por ela.

5. Orientar os familiares do paciente sobre a melhor forma de ajudá-lo.

6. Responder questões acerca das possibilidades do paciente dirigir veículo automotor, cuidar do seu dinheiro, retornar ao trabalho ou à escola, viver independentemente, tipo de terapia mais indicada etc.



O psicólogo avalia os seguintes pontos:


• Atenção, memória e aprendizagem.

• Planejamento e organização (funções executivas).

• Habilidades perceptivas e motoras.

• Habilidades visuo-espaciais.

• Habilidades acadêmicas.

• Resolução de problemas.

• Capacidade de raciocínio e julgamento.

• Linguagem.

• Humor e comportamento.





O objetivo da avaliação neuropsicológica é investigar o perfil cognitivo na presença de queixas de desempenho ocupacional, de aprendizagem e comportamentais, com impacto na vida diária do paciente.


A partir de 2 anos já é possível realizar alguns testes.


Aqui no consultório atendemos crianças, jovens e idosos, que precisam realizar o exame.



Opmerkingen


bottom of page